Sinte-PI exige pagamento do piso e ameaça não iniciar ano letivo caso a lei não seja cumprida

A presidente do SINTE-PI, Odeni Silva disse que os trabalhadores em educação estão em campanha salarial e que já entregaram no mês de dezembro uma pauta de reivindicação ao Governo.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública – SINTE-PI cobra o cumprimento do piso salarial da educação agora em janeiro. Segundo a direção do sindicato o governo não tem mais desculpa para não cumprir a lei, pois o custo aluno previsto para 2012 já foi reajustado em 22% e, o estado do Piauí já recebeu esse incremento nos recursos da educação em janeiro. O valor do custo aluno era de R$ 1.722,05 foi para R$ 2.109,34.IA presidente do SINTE-PI, Odenir de Jesus da Silva disse que os trabalhadores em educação estão em campanha salarial e que já entregaram no mês de dezembro uma pauta de reivindicação ao Governo. “Até agora não recebemos nenhuma contraproposta e, por isso estamos mobilizando a categoria para uma Assembléia Geral dia 10 de fevereiro, às 9h, no clube social do SINTE-PI. Nesse encontro vamos avaliar os rumos do nosso movimento. Mas só iniciaremos o período letivo se for pago  o piso com o mesmo percentual do valor reajustado no custo aluno; bem como, o mesmo percentual estendido aos funcionários da educação na sua data base", Argumentou Odenir.
Reações: 

Postar um comentário

emo-but-icon

Follow Us

Hot in week

Recent

Comments

Side Ads

Text Widget

Connect Us

item